Home » Publicações » Publicações Discentes

العربيةEnglishFrançaisDeutschGreekItalianoPortuguêsEspañol

Núcleos de Pesquisa

Antígona: laboratório de filosofia e gênero

Centro de Filosofia BrasileiraCEFM

Laboratório KHORA de Filosofias da Alteridade

Laboratório de Filosofia Contemporânea

Ousia
Politeía: Laboratório de Política e Metafísica

Seminário de Filosofia Jurídica e Política

Periódicos


Aisthe

Anais de Filosofia Classica

Diversitates

Revista Ítaca

Logica Universalis

Revista Redescrições

Trágica

------------------------------------------

SIENNA project

Publicações Discentes

Danilo Bilate
L’Éthique de Nietzsche, Philonsorbonne, n.7, 2012-2013
Resenha de Nietzsche X Kant de Oswaldo Giacoia Jr.. Trágica: Estudos sobre Nietzsche, v. 5, p. 111-113, 2012 
Nietzsche, a honestidade e o projeto natimorto do novo Aufklärung. Philósophos (UFG) (Cessou em 2000. Cont. ISSN 1982-2928 Revista Philósophos), v. 16, p. 247-267, 2011. 

Eraci Gonçalves
Caráter, a morada mais íntima do ser: Anotações de um curso de Marcos Sinésio
, Anais de Filosofia Clássica, vol.4, nº 7, 2010, p. 32-44, ISSN 1982-5323

Fabio Oliveira
The Global Framework for Climate Services: a critical analysis, in 50 th   United Nations Graduate Study Programme, pp. 99-115, julho 2012

Lucio Lauro Salles
Sobre a decifração de si mesmo em “Oidipous Tyrannos”. AISTHE, v.V, nº8, 2011.

Marcos Carvalho Lopes
Isso não é uma mula: o debate entre Umberto Eco e Richard Rorty nas Tanners Lectures

Richard Rorty e a redescrição da sabedoria: ciúme de Platão, ciúme de Proust

Umberto Eco: da Obra Aberta para Os Limites da Interpretação

VIANA, Nildo. e REBLIN, Iuri Andreas (org.). Super-heróis, cultura e sociedade: aproximações multidisciplinares sobre o mundo dos quadrinhos. Aparecida, SP:

Murilo Mariano Vilaça
Diálogo sobre cientometria, mal-estar na academia e a polêmica do produtivismo. Revista Brasileira de Educação (Impresso), v. 18, p. 467-484, 2013. 
Natureza humana versus aperfeiçoamento? Uma crítica aos argumentos de Habermas contra a eugenia positiva. Princípios (UFRN. Impresso), v. 20, p. 227-263, 2013.
Melhoramento humano biotecnocientífico: a escolha hermenêutica é uma maneira adequada de regulá-lo?. Veritas (Porto Alegre. Impresso), v. 58, p. 61-86, 2013.
Qual natureza humana? Que aperfeiçoamento? Qual futuro? Reflexões em torno do conceito de natureza humana ampliada. Ethic@ (UFSC), v. 12, p. 25-51, 2013. 
Sobre algumas (im)precisões de uma crítica fundamental à medicalização. Interface (Botucatu. Online), v. 17, p. 493-495, 2013.
Assim é, se lhe parece: ‘em-cena-ação’ científica num país fictício em tempos de publicar ou perecer… mas bem que poderia ser no Brasil. Interface (Botucatu. Impresso), v. 17, p. 235-241, 2013
Conflitos de interesse na pesquisa, produção e divulgação de medicamentos
E se a obesidade não for uma doença?efeitos colaterais de uma crítica. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 19, p. 1363-1367, 2012. 
Os ‘pesos’ de ser obeso: traços fascistas no ideário de saúde contemporâneo. Movimento (UFRGS. Impresso), v. 18, p. 99-119, 2012.
Efeitos colaterais da desmedicalização. Interface (Botucatu. Impresso), v. 16, p. 863-864, 2012.
Limites biológicos, biotecnociência e transumanismo: uma revolução em Saúde Pública?. Interface (Botucatu. Impresso), v. 16, p. 1025-1038, 2012.
A nova genética para além da gestão de riscos e promoção da saúde: prolegômenos ao conceito de Biodesign
Natureza humana versus aperfeiçoamento? Uma crítica aos argumentos de Habermas contra a eugenia positiva